24/
Jan
Mulher morre em clínica de reabilitação

Francineides dos Reis, de 35 anos, natural de Brasília, morreu, na madrugada de segunda-feira (23/1), dentro da Clínica de Reabilitação Reviver, em Caldas Novas (GO). Segundo informações da Polícia Civil de Goiás (PCGO), ela estaria presa e acorrentada dentro de um quarto e ainda tentou pedir socorro, sem sucesso.

 

Depois da morte, a PCGO e a Vigilância Sanitária estiveram na clínica e prenderam Wellyka Nóbrega de Oliveira e Camylla Cristina Pereira, que seriam proprietárias do local. Elas são acusadas de cárcere privado. Na unidade de saúde, que funcionava sem alvará, estavam duas adolescentes, quatro idosas e mais 14 mulheres.

 

Ainda de acordo com a Polícia Civil, que está investigando a morte, algumas internas apresentavam quadro de dependência química, no entanto, outras tinham doenças mentais graves como esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão. Mesmo assim, não havia profissionais capacitados trabalhando no local.

 

Fonte: Metropóles