NEGATIVA DE ATENDIMENTO PELOS PLANOS DE SAÚDE NA PANDEMIA. QUAIS OS MEUS DIREITOS

NEGATIVA DE ATENDIMENTO PELOS PLANOS DE SAÚDE NA PANDEMIA. QUAIS OS MEUS DIREITOS

Muitas Operadoras de Saúde estão se aproveitando da crise da Covid-19 para a recusa de atendimentos e procedimentos que são necessários para a salvaguarda da vida e saúde dos pacientes.

Assim, em detrimento da saúde dos seus usuários, as Operadoras estão a lucrar cada dia mais (enriquecimento ilícito). Lembrando que as pessoas continuam adoecendo e, consequentemente, necessitam passar por intervenções diagnósticas e terapêuticas. A título de exemplo, 50.000 Brasileiros portadores de câncer não foram diagnosticados, o que quer dizer que, certamente, não passarão pela terapêutica devida, resultando em mortes e agravos que poderiam ter sido evitados.
Somente médico e paciente podem avaliar a necessidade dos tratamentos (medicamentos, cirurgias e exames), não competindo ao gestor do Convênio, ditar o que é pertinente ou não.

Acredito que a maioria dos profissionais da medicina tem bom-senso e referenciais técnicos suficientes para triar o que se afigura ou não indispensável.

Enfim, as queixas de médicos e pacientes não param (com razão). Comumente estamos diante de negativas injustificadas e arbitrárias, pois é certo que o estado de PANDEMIA não autoriza a desassistência aos demais enfermos.

Se você estiver diante de um NÃO da Operadora, denuncie à ANS. Se o problema persistir, é possível buscar o seu direito à saúde em juízo.

Giovanna Trad

Deixe uma resposta